top of page

Latas com Sleeve: o que você precisa saber para começar

Se você quer usar sleeves em suas latas, mas não sabe por onde começar, acompanhe o artigo e te explicaremos os primeiros passos para usar essa tecnologia que garante boa apresentação a preços acessíveis e com tiragens relativamente pequenas.

Antes de mais nada...

Verifique se o seu produto pode sofrer a breve exposição ao calor necessária ao encolhimento do sleeve. Caso seu produto seja sensível a temperaturas altas, mesmo que por um período curto de tempo, pode ser que os termoencolhíveis em geral não sejam uma boa alternativa para você.


Descobrindo as medidas

Caso o produto já esteja em suas mãos, para descobrir as medidas do seu sleeve de uma volta com um barbante na lata, meça o comprimento dele (em milímetros) e divida por dois, some uma folga de 2 mm ao resultado e esse é o seu Lay Flat (LF) ou largura achatada.


Para calcular o Passo, basta medir a altura da área onde o rótulo será colocado.


Se você não está com o produto, somente o volume da lata de referência confira a seguinte tabela para localizar sua lata:




A arte e suas cores

Após saber quais as dimensões da sua lata você precisa escolher a arte, recomendamos que contrate um profissional de sua confiança para diagramar a arte de seu produto. Caso você tenha domínio de ferramentas como Illustrator e CorelDraw, fazer a sua própria também é uma opção viável, nesse caso utilize as medidas da tabela e seja criativo.

Rótulos termoencolhíveis são confeccionáveis em até oito cores. Lembre-se que vernizes, acabamentos especiais e algumas tecnologias aplicáveis também contam nesse número de cores.


Substratos e espessuras

Os substratos mais utilizados no Brasil são o PVC e o PET, esses filmes plásticos tem a propriedade de encolher quando são expostos ao calor, garantindo ajuste pleno a embalagem.

O PVC tem o coeficiente de encolhimento menor, mas é mais barato e atende a maior parte dos modelos de lata. Está disponível em espessuras de 30 micra a 70 micra, mas a espessura mais popular para uso em latas é 40 micra.

O PET tem um maior coeficiente de encolhimento, é mais caro e só pode ser encolhido em túneis á vapor. Ele atende embalagens que exijam um encolhimento maior para se ajustar completamente. Por ser um material importado, ele normalmente é encontrado somente na espessura 40 micras, que é a mais adequada para sleeves em geral.


Quantidades

A maior parte das empresas de rotulagem leva a quantidade como fator determinante na hora de estabelecer o preço, devido a forma como a impressão do sleeve é feita tiragens pequenas se tornam mais caras e as grandes, mais baratas.

A boa notícia é que com a estocagem adequada os sleeves tem validade indeterminada, o que justifica fazer pedidos maiores. Ainda assim, empresas como a RB Soluções em Embalagens disponibilizam tiragens á partir de mil unidades com um preço acessível aos pequenos negócios.


Solicite seu orçamento, é rápido e sem compromisso! Clique aqui.


Acabamento

O acabamento se trata de como o produto será entregue a você, caso a aplicação dos seus sleeves seja automática recomenda-se que solicite seus sleeves em bobina, nesse caso o fornecedor de sleeves precisará de informações adicionais como o sentido do rebobinamento, esse tipo de informação consta em seu equipamento de rotulagem.

Se a aplicação for manual, é preferível solicitar que seus sleeves venham cortados, isso facilita a aplicação tanto no túnel de encolhimento como com o soprador térmico.


1.466 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page